Poema número zero: Eu sou tão feliz com você*

A moça que me leva nos braços é bem quente

Eu gosto do colo dela

Eu sou bem pequeno em seus olhos

Mas, eu fico, assim, sorridente

 

Qualquer coisa que tento falar

Ela me faz ter silêncio

É sempre assim

Eu não consigo dormir sem chorar…

 

Eu sou um bebê

Eu sou um menininho

Eu sou um pequeno rapaz

Eu sou tão feliz com você

______________________________

*Poeminha velho, mas bem divertido que fiz para o dias das crianças de 2009 e acabei não publicando na época.

Anúncios

“Pega o menino!”

“Ei, pega esse menino ai”
Corre menino
Querem te pegar!
“Ei, guri…
Vem cá, filha da peste!”

“Pega esse guri…”- gritam todos.
“Esse que passou correndo
com um passo de pressa?
Que pressa tem esse guri!”

Corre e corre
Corre pra fugir
pra sumir.
Corre pela esquina, guri!

Dobrou a esquina o menino amarelo
Correndo como se não fosse feito pra outra coisa
Fugindo até da poeira que levanta
“Corre e se esconde!”

“Diaxo, pra onde foi aquela serpente?
Que poeira desgraçada…”
“Ei, moço, ele foi por ali!”-aponta pra esquerda
“Tava correndo feito o cão”

Corre o homem pela esquerda
Corre o menino magrelo pela direita.
Corre o homem perdido
Corre o menino sorrindo.