perdido

andando aqui e ali

eu fico me achando

como se fosse me perder

de onde estou olhando.

“Não venha”

Cai sobre a tarde quando vi que tudo ia acabar em pó

as chances haviam se esgotado

Eu pensei inocentemente que quatro anos eram suficientes para resgatar tudo

mas, quando voltei, encontrei nosso amor parado

Sai pelo mundo tentando resgatar o que havíamos perdido em uma festa qualquer

Não valeu a pena

Procurei fazer com que você visse que poderia ser como antes mas você respondeu:

« não venha »

Continuar lendo ““Não venha””

Primeiro fiquei com medo

Primeiro fiquei com medo. Depois fiquei feliz. Primeiro não sabia seu nome. Depois ela me contou. Primeiro não quis ficar ao seu lado. Depois, muito rapidamente, queria estar onde ela estivesse. Primeiro eu não entendia seu sorriso. Depois passei a amá-lo. Primeiro eu odiei. Depois amei.

Ela parou na minha frente. Eu tinha em minhas mãos duas folhas de papel. Ela não me dizia nada. Eu fiquei pensando. Ela olhou dentro dos meus olhos. Eu senti meu coração. Ela ficou ali. Eu também. Ela sorriu. Eu disse: oi. Ela retribuiu. Eu fiquei vermelho. Ela, com certeza, achou estranho. Eu fingi alguma coisa. Ela passou. Eu fugi. As folhas de papel ficaram no chão. Continuar lendo “Primeiro fiquei com medo”